Religião ou psicanálise?

Eis um assunto delicado…

A psicanálise não faz objeção à religião e nem busca encontrar culpados para os processos psíquicos desta forma. Em uma análise é sempre importante ouvir o que o paciente tem a dizer seja do que for, incluindo também a religião. Há depoimentos de religiosos (dentre padres, pastores e fieis) que a atravessaram e seguiram melhores com suas vidas sem deixar suas crenças e rituais de lado.

Ao contrário do que se pode imaginar, o psicanalista não está lá para julgar ou culpabilizar, mas está lá para ouvir seu paciente falar do que gosta. O que não pode e não será feito será um analista misturar seu trabalho de ouvir com sua própria crença religiosa, bem como ele não pode colocar à frente de seu analisando, seu próprio julgamento e valores.

Se tem dúvidas sobre o lugar de sua religião em sua análise, procure um profissional e converse sobre isso. Pode ser uma forma de começar a ser ouvido.

Deixe seu comentário ou entre em contato comigo!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.