Preciso anotar alguma coisa pra levar ao analista?

É esperado que o processo analítico faça surgir reflexões e que ao mesmo tempo que surjam lembranças importantes, ficam algumas lacunas de “esquecimento”. O esquecimento costuma ser um indicador de que há alguma coisa a mais em relação ao assunto.

Para que isso volte à tona, Freud já deixou claro que o caminho é pela associação livre, ou seja, o paciente falar o que lhe vem à mente de forma livre e sem censura. Quando o paciente faz anotações, ele pode estar escolhendo falar de algo que não diz respeito ao que ele pode associar livremente, então, em início de tratamento é preciso ter cautela. O esquecimento é encarado como mecanismo de defesa, para evitar algum tipo de sofrimento, angústia em relação a algo.

Diga-se de passagem, a ampliação de “esquecimentos” pode ser a ampliação de um sintoma, uma espécie de agravamento de uma urgência em “não se lembrar” de alguma coisa marcante.

#lucianopsicanalista#memória#psicanálise#caderninhodeanotações#lembretes#notas#transtornoobsessivocompulsivo#manias

Deixe seu comentário ou entre em contato comigo!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.