Homem com homem e mulher com mulher na terapia?

Às vezes surge alguém com uma demanda inicial desse tipo, e por trás disso, algo como querer que alguém possa lhe “entender” melhor. Sem pensar em certas especificidades (pois elas sempre existem), não há a necessidade de se consultar ou se tratar com um profissional do mesmo sexo. Ouvir um paciente é simplesmente uma arte, é ouvir e ponto. O psicanalista, seja ele homem ou mulher, não está lá para ouvir a experiência do outro diante da própria e sim, a experiência do outro, seja homem, mulher, hetero, homo, bi, trans ou qualquer que seja a definição que esse outro defina (ou não) para si, incluindo os portadores de alguma limitação.

Foto de Sharon McCutcheon no Pexels

Deixe seu comentário ou entre em contato comigo!!!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.